Porque as noivas usam véu?

Foto gentilmente cedida por: @kiqmoraes e @reimannjessica (clientes Ouro @ Terra)
  O véu da noiva é, sem dúvida alguma, uma das tradições mais conhecidas nos casamentos. Gerando beleza e imponência na mesma proporção, o véu remonta da Antiguidade, se tornando um raro caso de tradição que se mantém intacta desde então. Vamos conhecer sobre as origens do véu da noiva?   Grécia Antiga
Pintura que retrata o casamento na Grécia Antiga
Gates of Olympus Blaze é um jogo de cassino emocionante que apresenta uma variedade de símbolos e figuras temáticas. Ao jogar Gates of Olympus na plataforma Blaze, você encontrará símbolos como deuses gregos, moedas de ouro, coroas e outros elementos relacionados à mitologia. Cada símbolo possui um valor específico e pode contribuir para a formação de combinações vencedoras. Explore os símbolos e figuras de Gates of Olympus Blaze enquanto busca grandes prêmios. Segundo dados históricos, o véu da noiva surgiu na Grécia Antiga como símbolo de nobreza e pureza da mulher que, normalmente, usava um vestido de noiva simples. Além das funções de resguardo, ele protegia a pele do sol e era um item que indicava o estatuto social da noiva – quanto maior o véu, maior era a sua riqueza. Há registros que indicam que o véu servia para transmitir mistério, dado que, no passado, os noivos apenas se viam cara-a-cara no momento do sim, o que poderia gerar surpresas boas ou ruins para o noivo.   O véu na cultura oriental
Imagem de véu de noiva da cultura islâmica dos dias atuais (crédito: Adobe Stock)
Já para a cultura oriental, o véu da noiva ocorria por motivos diferentes. Os casamentos eram, majoritariamente, combinados e, por isso, o uso do véu estava relacionado com a proibição do noivo em ver a noiva antes de trocarem alianças de casamento no altar. Particularmente na cultura muçulmana, o uso do véu está associado à submissão da mulher ao seu noivo durante o casamento.    Cultura ocidental
Foto gentilmente cedida por: @_r.phillip e @anna_foureaux (clientes Ouro & Terra)
Na cultura ocidental, o uso do véu da noiva remonta à civilização greco-romana e estava associado a crenças de cerimônias pagãs – a noiva usava-o para se proteger dos espíritos e do mau olhado. Assim, este acessório era normalmente brilhante e em tons de dourado e amarelo, à semelhança do anel de compromisso – tons associados à proteção. Foram os cristãos, por volta do Século IV, que estabeleceram a tradição do véu branco, como símbolo de pureza da noiva.    Acompanhando a noiva no altar
Foto gentilmente cedida por: @kiqmoraes e @reimannjessica (clientes Ouro @ Terra)
Você sabia que a tradição de alguém que não fosse o noivo –  o pai, por exemplo – acompanhar a noiva ao altar também tinha relação com o véu? Na Inglaterra da Idade Média, os véus tinham uma conotação mais ligada à inocência e pureza e eram representados por um tecido bastante espesso, o que fazia com que a noiva tivesse alguma dificuldade em ver através dele. Daí nasceu a tradição de acompanhar a noiva até ao altar, dada a dificuldade que tinha em ver o caminho à sua frente.   Sai de moda, volta à moda
Pintura que retrata o casamento da Rainha Vitória na Inglaterra, que acabou ocasionando a volta à moda do uso do véu
Mas esta não foi a única contribuição da Inglaterra para a tradição do véu. No período vitoriano, este acessório, que parecia prestes a cair em desuso, ganhou imensa popularidade graças à rainha Victoria. No seu casamento, a rainha usou um véu longo e opulento, como símbolo de status, o que fez com que todas as mulheres da realeza – e não somente elas – quisessem ostentar um acessório semelhante no seu grande dia.    Dias atuais
Exemplo de que o véu da noiva não precisa necessariamente ser sempre branco
Na atualidade, o véu já não tem um significado assim tão essencial, pois é a noiva que decide combiná-lo com o seu vestido ou não. Há imensos tipos de véu, que variam conforme o tecido de que é feito, as aplicações, a forma e o comprimento, mas, regra geral, o seu uso tem uma função mais estética que simbólica. Finalmente, e para responder às aspirações das noivas inovadoras, também existem cada vez mais coleções de véus coloridos – em rosa, azul, púrpura, etc. – que podem dar um plus de modernidade e originalidade a qualquer look. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *